5.8: um podcast preocupado com o judaísmo do futuro!

Dizer que a pandemia de Covid-19 transformou radicalmente as nossas vidas virou um lugar comum: trabalhamos de casa, evitamos o contato social e as máscaras viraram um acessório essencial, como as bolsas e os sapatos. Nas rotinas das sinagogas não foi diferente… quem imaginaria, em janeiro, que tantos serviços de Rosh haShaná e Iom Kipur teriam sido online? Quem teria sonhado com um Ticún de Shavuot que reunisse nove rabinos de comunidades reformistas do Brasil e dezenas de palestrantes? Fora as inúmeras atividades culturais que desenvolvemos. Não é exagero: nos reinventamos durante a pandemia!

No começo da quarentena, nós da Congregação Israelita Paulista fomos desafiados com a pergunta: “estamos prontos para o judaísmo do futuro?” Em busca da resposta, nos demos conta de que promovemos com sucesso atividades que lidavam com a conjuntura, fosse ela do contexto brasileiro ou das suas leituras judaicas. Não estávamos, porém, lidando com questões judaicas de longo prazo nem investigando se há futuro para o judaísmo.

Demos início, então, ao Projeto 5.8, cujo mote é “discutir o judaísmo do futuro e o futuro do judaísmo.” A iniciativa pretende impactar a forma como educamos, rezamos, celebramos em comunidade, e ajudar a fortalecer a CIP como referência para uma vida judaica simultaneamente comprometida com a tradição e a modernidade, acessível e intelectualmente profunda.

Juntos, a Laura Trachtenberg-Houser e eu somos os âncoras do Podcast 5.8, primeiro fruto deste projeto. Quinzenalmente, recebemos convidados que nos ajudam a explorar questões judaicas para o longo prazo. Nos primeiros episódios, conversamos com pessoas de perfis distintos para nos ajudar compreender o que significa ser judeu no Brasil em 2020. Dessas conversas, tiramos cinco conclusões: (1) a experiência da identidade judaica é subjetiva e estamos todos buscando espaços dos quais possamos fazer parte, (2) o judaísmo não deve ser escondido no armário, (3) a experiência judaica não pode ser dissociada das nossas vidas no mundo lá fora, (4) nós somos atravessados por outras dimensões identitárias que definem nossas histórias de vida, (5) o judaísmo está em constante transformação e nossa visão sobre ele precisa evoluir também. Atualmente, estamos investigando junto com nossos convidados como fortalecer as pontes entre o judaísmo e outros campos, como a ciência, a defesa dos direitos humanos, a política e as artes.

Recentemente, lançamos também um grupo no Facebook para que mais gente possa participar dessas conversas! Você está convidado: escute o podcast e venha conversar com a gente no grupo!

Rogério Cukierman é rabino da Congregação Israelita Paulista. Formado pela Escola Rabínica do Hebrew College, tem focado sua carreira rabínica em projetos de educação judaica pluralista comprometidos com a transformação do mundo através do judaísmo.