Chai: Yoga e Meditação Judaica

Como se integram os conceitos de bem-estar e espiritualidade judaica? Parece que a visão do homem ocidental nos havia separado de uma premissa que acompanhava os sábios da tradição e é uma profunda conexão com a corporalidade, entendendo que precisamos de um corpo são para atuar e gerar transformação neste mundo. Como dizia Maimônides, “(…) a preservação da força física e da saúde corporal deve considerar-se piedosa, porque é impossível que o homem tenha algum conhecimento ou compreensão do Criador, enquanto está enfermo, é necessário que o homem se abstenha cuidadosamente das coisas que são prejudiciais ao corpo, e que se acostume ao uso de coisas que preservam e revigoram a saúde.” (Mishnê Torá, capítulo 4).

Durante mais de quinze anos, explorei técnicas de movimento consciente, respiração e meditação à luz de textos de filósofos e místicos judeus, e assim nasce “Chai”, um projeto semeado na incubadora de projetos de Paideia – The European Institute for Jewish Studies – em 2014. Nessa ocasião, tenho a honra de convidar-lhe à Oficina de Yoga e Meditação Judaica para 5782, com o apoio da UJR-AmLat, em três sessões introdutórias teórico-práticas criadas com o propósito de explorar seus princípios para que, em tempos tão desafiadores como os que vivemos, cultivemos uma sensação de “Shalom” que começa em seu próprio coração.

O mês de Elul se converte em um momento especial para explorar ferramentas, através das quais cultivar seu bem-estar e espiritualidade, para gerar conscientemente o processo de teshuvá que esse mês nos convida. Serão 3 sessões de preparação para Iamim Noraim, explorando textos e práticas que reclamam uma expressão de espiritualidade comprometida com a ação transformadora. A mensagem é clara: devemos buscar nos conectarmos com nossa maior “integridade”, shleimut, em hebraico, na procura de ser o melhor de nós mesmos no próximo ano. Será uma oficina aberta a todos, não é necessária experiência prévia, apenas curiosidade e roupas confortáveis.

Será uma oficina aberta a todos, não é necessária experiência prévia, apenas curiosidade e roupas confortáveis. Se tiver dúvidas, basta escrever-me em nataliaacuna@gmail.com.

Natalia Acuña é a fundadora de “Jai”, uma iniciativa global que funde os valores judaicos com técnicas de yoga para a transformação social. Colombiana, Master em Desenvolvimento pessoal e liderança e professora de Yoga. É Paideia Alumna, Membro das comunidades ROI, Membro de Lazos Latam, voluntária para o grupo de mulheres de Bet Shalom Barcelona e colaboradora em projetos inovadores como “At The Well Project y Jewtina”.

Inscrição

As inscrições serão centralizadas pela UJR, usando o formulário abaixo.