Comunidade Judaica de Huánuco na linha de frente contra o Covid-19

Desde março de 2020, o mundo começou a viver uma etapa caótica de saúde, o Covid19, também chamado de coronavírus, havia começado sua viagem ao redor do mundo para ficar e causar danos. O Peru foi um dos primeiros países na América Latina a fechar suas fronteiras, e apesar dos esforços, o país sofreu os embates com a doença com milhares de mortes e hospitais colapsados.

Isto não foi alheio à comunidade judaica de Huánuco, que, frente ao chamado de ajuda e amor ao próximo, formou uma equipe de médicos para fornecer apoio aos mais necessitados.

A comunidade judaica de Huánuco, formada em grande maioria por médicos de diferentes especialidades, se uniu à linha de frente de apoio e luta contra a covid-19.

Os líderes comunitários se reuniram para planejar a forma de ajudar e formaram uma equipe que ajudou em diversos lugares do país e da região, trabalhando em turnos de até mais de 48 horas.

A direção da equipe multidisciplinar esteve a cargo do Dr. Herman Bauer (Chefe e Diretor Médico, especialista em infectologia e medicina tropical), Dr. Juan J. Bravo (presidente da comunidade), Dr. Erwin Bauer (vice-presidente), Dr. Miguel Lino Mays, Dr. Jose Zevallos, Dra Yeny León Montero, Dr. Jimmy Idrogo, Dr. Jorge Camarena Borrovich, Dr. Gerado Zevallos, Dr. Alex Paredes, e Dra. Vhannia Rojas Aliaga.

O objetivo foi dar ajuda e estar na linha de frente, e apesar dos déficits e necessidades econômicas, foi recebida ajuda econômica do rabino Peter Tarlow, para comprar equipamentos de biossegurança, para poder atender pacientes e continuar com nosso trabalho de ajuda ao próximo.

Atualmente os médicos da comunidade judaica de Huánuco seguem trabalhando para levar saúde aos mais necessitados.

Dr. Herman Bauer, Dr. Juan J Bravo, Dra. Yeny León, Dr. Jimmy Idrogo, Dr. Alex Paredes